gtag('config', 'AW-961701495');

Use a Inteligência Artificial no Microsoft Dynamics 365 Business Central

Pentare - Consultoria em Tecnologia

Use a Inteligência Artificial no Microsoft Dynamics 365 Business Central

*Por Luis Felipe Braz

O uso de inteligência artificial vem se tornando cada vez mais atual entre as áreas de tecnologia. O Machine Learning, por exemplo, está sendo usado por Gestores Financeiros, Comerciais e até de Compras, mas claro que não fica exclusivo o uso aos Gestores, os recursos que apresento hoje pode ser usado também por Desenvolvedores que neste caso, precisa de um pouco de conhecimento no Azure, colocando as ideias em prática.

O número de informações em nosso dia a dia vem aumentando exponencialmente, que fica quase impossível buscar por dados em um ERP Comum devido as suas limitações, como processos que funcionam separadamente e não se integram o que faz com que os dados e decisões fossem falhos.

O Business Central, é a solução de gestão de negócios para Pequenas e Médias Empresas da Microsoft, usa três recursos com apoio da IA (Inteligência Artificial), para otimizar o tempo dos tomadores de decisões.

As imagens abaixo, descrevem um pouco sobre o roteiro de aprendizagem, mas eu vou resumir os recursos.

Fluxo de Caixa apoiado pelo Azure

O fluxo de caixa em uma empresa é um bom indicador de sua solvência financeira e pode revelar se a empresa pode cumprir suas obrigações financeiras. O Microsoft Dynamics 365 Business Central fornece ferramentas que as empresas podem usar para analisar seu fluxo de caixa, analisando dados históricos para fazer previsões para períodos futuros.

Habilitam-se os gráficos na página inicial do Gestor trazendo insights aprimorados com históricos dos clientes, como vendas e compras ocorridas nos anos anteriores, trazendo assim uma previsibilidade maior para as entradas e saídas que podem ocorrer nos meses seguintes.

Previsão para vendas e Inventário

Faz a análise de necessidade de produto por meio dos documentos de vendas registrados (Cotações de Vendas, Ordens de Vendas e Vendas Programadas), por meio de gráficos me indicando se o estoque que tenho poderei atender àquelas demandas processadas, ou se terei de efetuar compra, ou até mesmo produzir.

Gerenciar o estoque requer um equilíbrio delicado, eu venho do ramo moveleiro e consigo dizer que estoque é algo para se controlar. Tenha pouco estoque e perderá pedidos (e clientes). Mantenha muito estoque e você impedirá o capital de giro essencial. Manter um estoque excessivo resultará em ter que dar descontos, ou pior, dar baixa em produtos obsoletos.

Previsão de Pagamentos Atrasados

É comum que alguns clientes atrasem pagamentos, e então acontece do seu fluxo de caixa ficar sem uma data real, e essa função vem para melhorar essa assertividade.

Assim que configurado, o sistema começa a fazer análises em documentos gerais do cliente, como datas de vencimentos, datas de registro dos pagamentos, e subtrai uma média de atraso, fazendo com que acrescente sempre essa média de atraso ao seu fluxo.

Por exemplo: cliente tem vencimento de 7 dias, o fluxo calculou uma média de 3 dias de atraso, você espera receber em 7 dias, mas o gráfico irá trazer o recebimento efetivo no 10° dia!

Usando o Machine Learning sem Códigos.

Como falei anteriormente, o Business Central, é a uma solução robusta de Gestão de negócios para empresas em expansão da Microsoft que ajuda a conectar suas Finanças, Vendas, Serviços e Operações para agilizar processos da empresa, melhorar as interações dos clientes e tomar melhores ações.

E, pensando nos tomadores de decisões a Microsoft desenvolveu uma nova plataforma chamada Azure Machine Learning Studio, para quem não tem tanto conhecimento com códigos, mas tem a predisposição em se aventurar, assim como eu. Usando a ferramenta Designer do Studio é possível um Gestor criar modelos de aprendizado de máquina sem escrever nenhum código, colocá-lo para treinar e implantar apenas criando fluxos de processos arrastando caixas ‘que carregam funções’.

Quer saber mais? Neste Link, você poderá obter mais informações de como usar o Azure Machine Learning Studio.

Esta funcionalidade faz parte da família Microsoft, portanto suas interações são nativas e potencializa o Business Central, podendo trazer mais agilidade e uma melhor visão do seu negócio.

E você, já pensou em trazer seu negócio para a Nuvem?

 

*Luis Felipe Braz, Formado em Gestão Financeira e atua há 7 anos na Área de Tecnologia com foco em ERP. Na Pentare, é consultor do ERP Microsoft Dynamics Business Central.

Imagens – Shutterstock

Imagem gráfico
Compartilhe: