As tendências em Ciência de Dados que mais impactarão em 2020!

Pentare - Consultoria em Tecnologia

As tendências em Ciência de Dados que mais impactarão o mercado em 2020!

 

Por Felipe Senise

 

Dados se tornaram a base da competitividade e inovação. Saber quais são as principais tendências é essencial para conseguir tomar melhores decisões.

Acompanhar as movimentações do mercado é uma grande vantagem competitiva, pois permite que você se planeje ou pelo menos possa reagir mais rápido se necessário.

Atualmente, como os dados se tornaram a base da competitividade, produtividade, crescimento e inovação em muitas empresas, saber quais são as principais tendências em data science ou ciência de dados é essencial para conseguir tomar melhores decisões gerenciais.

Abaixo, listamos as tendências de data science que serão protagonistas em 2020:

Automação da Análise de Dados

A automação de diversos setores e atividades já é foco de investimento das empresas há algum tempo. A automação é extremamente necessária não só aos cientistas de dados, mas também aos decisores de negócios para terem em mãos todas as análises e informações que direcionam suas decisões e estratégias. Segundo projeção da Gartner, mais de 40% das tarefas de Ciência de Dados serão automatizadas até 2020.

IoT (Internet das Coisas)

Com a expansão de dispositivos conectados à internet no dia-a-dia das pessoas, haverá ainda mais dados para analisar e cruzar com outras fontes de informações. Por exemplo, a Ralph Lauren Polotech Shirt é a camiseta conectada da marca que mede respiração, batimento cardíaco, calorias e outras informações do usuário. Essa peça, por exemplo, pode ser utilizada em estudos para medir, em tempo real, a reação das pessoas a produtos, eventos e propagandas. Em resumo, existe um mar de possibilidades que deverá ser melhor explorado nesse sentido.

Modelos preditivos

A utilização de modelos preditivos tem ajudado muitas empresas a otimizar seus resultados, pois, ao identificar clientes com maior ou menor propensão a realizar um evento alvo, possibilita a economia de esforços e recursos. Seguradoras vêm fazendo um trabalho interessante nesse sentido, utilizando modelos estatísticos preditivos para evitar que um cliente desista do serviço e permaneça mais tempo na base. Essa é uma frente de atuação que deve se expandir para diversos mercados.

Assistentes Virtuais

O espaço da tecnologia pessoal está ganhando popularidade, principalmente após a chegada de assistentes de voz como a Siri, da Apple, e a Alexa, da Amazon. Segundo a consultoria americana Forrester, até 2022, as interações de consumo serão mais realizadas entre pessoas e robôs do que apenas entre pessoas.

Esse é um mercado que deve continuar crescendo e demandando um protagonismo de data science, pois quanto mais uma pessoa interage com dispositivos ativados por voz, mais tendências e padrões o sistema identifica a partir das informações que recebe. Muitas empresas já sabem que esse é o futuro, como a Whirlpool, que tem em seu portfólio produtos integrados ao Google Assistente, o qual incorpora aos eletrodomésticos funcionalidades como músicas, podcasts, rádio, listas de compras e controle de casa inteligente.

Personalização

Existe atualmente a ilusão de que as empresas podem atender a qualquer necessidade do consumidor. E, com isso, o grau de exigência de quem está comprando aumentou muito. Nesse sentido, os cientistas de dados terão uma atuação cada vez mais ativa. Imagine se, ao entrar em um e-commerce de quadros o site já te apresentasse opções adequadas ao seu gosto pessoal, tendo como base seus perfis em redes sociais.

Privacidade e Segurança

Não só no Brasil, devido à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), esse tema tem dominado os noticiários no mundo todo, o que despertou uma consciência maior nos consumidores, que estão mais atentos e preocupados com o que as empresas estão fazendo com os seus dados. Por isso, é esperada maior transparência e responsabilidades ao lidar com todas essas informações.

Muitas dessas tendências se complementam, já que todas são alimentadas e movidas por dados. Algumas não são novidades, mas devem, sem dúvida, ter uma força ainda maior em 2020 devido à massificação de tecnologias e ferramenta

Conheça o Dynamics 365 e veja oque há de mais moderno quando falamos de sistemas de gestão empresarial, o CRM (Customer Relationship Management) e ERP (Enterprise Resourcing Planning) é a suíte de aplicativos de negócios em nuvem da Microsoft que combina funcionalidades de marketing, automação de vendas, atendimento a clientes, operações, serviços de campo e automação de projeto.

Através das mais altas tecnologias usadas hoje, como Machine Learning, IoT, Business Inteligence, o Dynamics 365 combina análises avançadas e preditivas e fornece valiosos insights que são peças fundamentais para melhorar a gestão da sua empresa.

Solicite uma demonstração com nossos especialistas!

Fonte: http://bit.ly/2rQrGiN

Foto: Shutterstock

Compartilhe: